segunda-feira, 13 de julho de 2009

Flashforward!



Imagina-te daqui para a frente! Quem és? Será que te guias pelos mesmos valores de agora? Serás grandiosa, melhor do que hoje? O que é feito dos teus sonhos, que foram deixados em Acta e nunca colocados em prática!? Será que te sentes aconchegada na pele em que te achas? E deixemos o tempo, onde ele perpetuamente sempre esteve. No seu lugar. Pergunto-te, porque não sei te identificarei se te vir. Se não te identificar, deixa-me supor que sim. Torna tudo mais claro, não achas!? Deixa-me crer, que o futuro brilha sempre. Que tu mudas e o Mundo muda contigo. Permite-me que neste momento eu seja o teu espelho, a tua bússola e os teus olhos. Imagina-te daqui para a frente! Será que ainda terás receio de arriscar? Será que ainda serás impulsiva? Será que chegaste a cometer os mesmos erros, sem conta? Será que desistirás logo ao primeiro declive? Será que és mais feliz? Será que cresceste? Será que objectivamente estás no trilho certo e não o defrontas sozinha? Será que deixas de carregar o Mundo nos teus ombros? Imagina-te daqui para frente, serás auspiciosa em tudo aquilo que és. Porque tudo aquilo que és, é tudo aquilo que nos atrai. E nenhum “daqui para a frente” te poderá tirar o presente de ser o que ainda és, aos nosso olhos. Por isso vive, grita, chora, sorri, esperneia, contorce-te, parte uma unha, tira férias, mas promete-me: que jamais deixas o daqui para a frente estragar o daqui para agora! Prometes? Eu acredito em ti!

10 comentários:

Saltos Altos Vermelhos disse...

ai tantas perguntas! Mas sinceramente não gostava de saber as respostas antecipadamente ;)

b.vilão disse...

Viver ao ritmo da magia do acto impulsivo e em insubmissão permanente ante os conceitos, regras e princípios estabelecidos tanto pode ser genuinamente alquímico como desastroso. Ou encontras alguém sem receio de caminhar sobre o precipício ou então, as hesitações farão ambos cair... E sei do que falo.

ClaudiaMar disse...

Que lindo Broken. És uma verdadeira poeta. Sei que um dia vou andar com um livro teu dentro da mala (e autografado, não penses!)
KISS

messy disse...

daqui para a frente, serei eu! (:

lindo***

Angel disse...

b.vilão que amargo....vai em frente querida, luta, ama, cai, levanta, segue....vive simplesmente...:)

Anne disse...

E eu a falar de backspace, tu falas de fastforward... :) vai tudo dar ao presente... :)
kiss

André disse...

Ena BHGirl, como que por momentos foi, como se tivesse entrado numa qualquer máquina do tempo, e com aquela capacidade que tão genuinamente possuis, acabas por momentaneamente assumir uma forma omnipresente com capacidade de tocar tão marcadamente com aquilo que tão sublimemente crias.

O texto exala uma força que nos impele para não deixarmos de forma alguma que o "tempo" nos morra literalmente nas mãos, que não nos mate os sonhos do presente, constantemente adiados na maioria das vezes para um futuro incerto que nem por sombra é possível deslumbrar a mais ínfima luz que nos oferecesse um rasgo de esperança que se concretizem. Possui um sentimento latente onde reina a inquietude, que nos caracteriza, os sonhos que subtilmente desmoronaram perante as variações de uma vida, cheia de vidas cruzadas. É como se nos pudéssemos olhar partindo de um futuro com vista sobre o presente actual. E se tivéssemos realmente capacidade de alterar o que quer que fosse no nosso percurso, será que ainda o queríamos, apagar momentos repletos de tristeza ou alegria, que se assume como parte fulcral da nossa existência.

Se tivesse que nomear um hino à tomada de decisão e contra a inércia que teimar em toldar muitas das decisões que eventualmente poderão ser fulcrais no seio da nossa caminhada, no nosso percurso de vida, certamente que este brilhante texto estaria destacadíssimo numa qualquer primeira fila.
Beijinho grande BHG. ; ) *

ADEK disse...

www.futureme.org

(na sequência deste brilhante post, aconselho que escrevam de vez em quando mails a vocês próprios, para receberem no futuro que escolherem. É uma terapia brutal:P)

Bjinho!

a Gaja disse...

mais um vez fiquei sem palavras...este teu blog faz-me pensar em tanta coisa...simplesmente adoro lê-lo, vem sempre no momento certo.

Beijinho fofo*

Joana ' disse...

Tão lindo *.*

(sei que o meu comentário não tem lá grande conteúdo, mas fiquei sem palavras... mais uma vez)