quarta-feira, 8 de julho de 2009

Exposição numa folha de teste III

Em relação àqueles textos, aqui está o último "pain in the ass" :

Alguém disse um dia: "Construímos muros de mais e pontes de menos". Neste frenezim que é o século XXI,vivemos centrados em nós, num objectivo. Fazemos desse objectivo a meta, quando podia ser o caminho. Fechamo-nos para os outros, pois há sempre que desconfiar do vizinho. Baseamo-nos no tal "diz que disse" e vivemos assim como diz a citação, rodeados num muro. Se alguém consegue abrir uma frecha, nós colocamos mais tijolos. Mas é uma vida pesada esta, pois um dia, acabam-se os tijolos e o cimento e somos obrigados a mostrar quem somos ou pensamos ser (se ainda o soubermos).
Nesse dia, vão ser quebradas todas as barreiras que sempre nos separaram, porque afinal de contas, eu sempre vi quem achavas que escondias. E sempre me sentei ao teu lado, porque sabia que este dia iria chegar. A tua história, não a quero saber, desde que prometas usá-la como "souvenir" de noites mal dormidas e promessas que não foram cumpridas. O resto deixa comigo. Prometo reutilizar os tijolos, e ajudar-te a construir uma ponte, daquelas que duram uma eternidade. Se quiseres, até pode ter o teu nome. Vou tratar de a mandar pavimentar (tenho a certeza que não queres caminhar em solo incerto).
Vais ver, quando a ponte estiver construída, vais-me dar a mão e perceber que nunca estiveste sozinho. Vais-me ensinar a voar e eu vou deixar que o faças. Vão passar duas borboletas por nós, e vamos esquecer o que aconteceu. Porque não tens de te esconder e eu não tenho de te julgar. Somos uma união, mas não somos iguais. Tu és Tu, com a tua experiência de vida. E Eu, sou Eu, com todas as minhas experiências também. E ainda bem, que não somos iguais, pois não ia gostar de lidar com outro eu.
Fica aqui e dá-me a mão. Prometo nunca largá-la!

Maio de 2009


(Em relação à publicação anterior meus caros, eu realmente ando a comer e realmente é bom quando se emagrece. Mas que fique aqui escrito, que há coisas bem melhores do que isso, sublinho! P.S- As calças tinham 2% de elastano, vá)
Muito obrigado !

7 comentários:

Joana ' disse...

"Fica aqui e dá-me a mão. Prometo nunca largá-la!"

Por vezes largamos as mãos, não porque queremos, mas porque nos faltam forças para continuarmos a lutar contra muros que vamos construindo, contra erros que cometemos, contra o tempo cuja passagem é inexorável..
No entanto, mesmo que elas acabem por largar-se, fica o esforço, a entrega, a promessa, a dedicação, o amor.. Mesmo que não resulte, ficam as recordações!

Beijinhos querida
(é bom saber que as calças tinham elastano xD )

Bea disse...

gostei muito do texto! muito bem escrito :) beijinho

Fabiana Gomes disse...

Que lindo texto lindissimo mesmo! Adorei todas as metaforas e comparações, mesmo lindo!

ClaudiaMar disse...

QUE LIIIIINDO...
Normalmente não gosto de "músicas de fundo" em blogues, pois quando estou ao computador, tenho sempre a rádio ligada e aquilo às X colide... mas hoje, o teu texto com a musiquinha que seleccionaste foi divinal. Obrigada.
Sê Feliz ;)

messy disse...

Que bem*

Daisy Maria disse...

desculpa mas já disse tudo o que tinha a dizer em relação às tuas exposições em folhas de teste. por isso acho que os parentesis são de realçar xD

André disse...

Posso ser agora um pouco menos criativo e começar este comentário aproveitando a tua deixa. ;D a tua deixa. ;D

É, não é? Ser criativo o dia todo, deve ser uma grande tormenta. Como é que resolves o problema? ;) É que assim podias partilhar essa espécie de solução milagrosa. ;P

Concordo plenamente quanto à sintonia, pelos vistos confirma-se mesmo, ou não fosse as pontes cheias de sintonia que acabam por de forma ou outra ligar pessoas, sentimentos, momentos, locais, um bocadinho de tudo o que nos rodeia.

E este fechar de círculo sob o texto ficou a modos que perfeito. Foi uma conclusão e peras, acaba por cimentar e ligar todos os pontos dos sentimentos que foste deixando em aberto pelos anteriores que precederam o grandioso final. ; ) Não pares nunca de construir pontes de tamanha natureza.
Beijinho BHGirl. ;) *

P.S.- Mais uma vez, sou obrigado a agradecer os tamanhos elogios que deixas-te bem vincados no comentário. ;D